Celebs | Marcelo Perdido transforma saudade em animação no clipe “Minutos Livres”
Topo
Por Build Up Media / Publicado quarta-feira, 07 out 2020 16:26

Marcelo Perdido transforma saudade em animação no clipe “Minutos Livres”

A distância entre as pessoas nestes tempos tão singulares assume ares psicodélicos e surreais em “Minutos Livres”, novo clipe do cantor e compositor Marcelo Perdido. A canção ganhou um clipe de animação feito pelo próprio artista e integra o recém-lançado álbum “Não tô aqui pra te influenciar”.

“Essa é uma canção sobre autocuidado e faz muito sentido nesse momento novo, na avalanche de informação, se manter de pé e bem. De se manter são no meio da maior loucura. No meu aniversário, eu quis oferecer esse vídeo de presente para meus amigos e amigas e comecei a ilustrar as sensações de estar distante deles”, revela Perdido.

O artista planeja lançar um clipe para cada canção do novo disco – os vídeos de “Santa Clara de Tróia” e da faixa-título foram os primeiros a serem lançados e já podem ser assistidos em seu canal. Com uma poética ambientada por guitarras, pianos elétricos, sons de cidade e falas de pessoas, o álbum “Não tô aqui pra te influenciar” reflete lutos e perdas de uma perspectiva ao mesmo tempo pessoal e memorialista, urbana e coletiva. Cada uma das oito faixas é uma pequena crônica nesse trabalho que vai muito além de seus 20 minutos – e os vídeos serão uma expansão dessas ideias. Recentemente ele lançou o clipe de “Bastante” com uma distopia latinoamericana.

Marcelo faz de sua música uma apropriação da brasilidade e da MPB como uma ponte entre o pop e o alternativo. Suas canções, como o próprio artista define, “são feitas para aqueles que se sentem perdidos”. Ele tem em sua discografia solo cinco álbuns: “Lenhador” (2013), “Inverno” (2015), “Bicho” (2016) e “Brasa” (2019), além do novo trabalho. Videomaker, ele também lançou recentemente um longa-metragem com o mesmo nome se seu disco de 2019, onde entrevista artistas sobre a criação de discos.

Com produção de Habacuque Lima (Ludov, Pullovers), “Não tô aqui para te influenciar” conta com pianos elétricos de Danilo Andrade (Gilberto Gil, Jorge Ben Jor), bateria por Matheus Souza (Tiê), guitarras de João Erbetta (Los Pirata, Marcelo Jeneci, Clarice Falcão) e oboé do português Silas Ferreira (Pontos Negros, Samuel Úria).

Lançado pelo novíssimo selo CENA (do Portal POPLOAD), “Não tô aqui para te influenciar” abre uma nova fase na carreira de Perdido, que busca estreitar os laços com o público em 2020. O disco está disponível em todas as plataformas de música digital.

Assista a “Minutos Livres”:

https://youtu.be/tARDBmMhRa0


É permitida a reprodução desde que de forma individual (não de todas as matérias), citado o autor, a fonte (Site Celebs.com.br) e créditos de fotos.

Comentários