Celebs | Janis Joplin, eleita “O Pior Cara”, quebrou uma garrafa na cabeça de Jim Morrison
Topo
Por Redação Celebs / Publicado sexta-feira, 06 ago 2021 17:07

Janis Joplin, eleita “O Pior Cara”, quebrou uma garrafa na cabeça de Jim Morrison

americanas.com.br

Não teve uma carreira longa, mas mesmo assim influenciou a música de vários artistas que a seguiram, como Alicia Keys, Pink e Joan Jett. Nos bastidores, Janis Joplin sempre fez questão de viver o estilo rock’n’roll, que não faltava drogas, álcool, música e sexo.

Janis nunca passou despercebida, nem mesmo na escola. Na Thomas Jefferson High School, Joplin sempre teve um look especial – ela usava camisas masculinas com calças justas ou saias curtas, o que trouxe insultos insuportáveis ​​de seus colegas.

A lendária musicista costumava ser chamada de “leitão” por causa de seu estilo de se vestir, e ela tinha má reputação pelo simples motivo de ser vista como despreocupada. No final do ensino médio, Janis se tornou uma garota muito durona que costumava beber muito.

E os anos de estudante não foram mais gentis com o futuro superstar da música. Em 1963, Joplin foi eleita “The Evil Man on Campus” na Universidade do Texas, Austin, onde estudou Arte. Os insultos sem fim e a ambição de “fazer música na música” determinaram-na a deixar o estado do Texas e mudar-se, na primeira oportunidade, para São Francisco. O sucesso não apareceu desde sua primeira aparição no palco, mas não faz muito tempo.

A cantora no início da estrada tinha relações íntimas com homens e mulheres. O caso de amor mais importante com uma mulher foi com Peggy Caseta, que durou até sua morte prematura. Na verdade, na mesma noite em que perdeu a vida, Janis deveria ter um trio com seu noivo, um estudante de Berkeley chamado Seth Morgan, e Caserta, mas nenhum deles apareceu para a orgia planejada.

Em 2018, Caserta disse à Rolling Stone que Joplin era “engraçada, aberta e desinibida, mas ela não era considerada bonita e muitas mulheres não a consideravam competitiva com outros homens ...”

Joplin e Jim Morrison compartilhavam a paixão pela bebida, mas sua amizade rangia em alguns lugares por causa da natureza insuportável do falecido líder do The Doors. Em uma festa organizada pelo produtor musical Paul Rothchild, Janis recusou os avanços de Jim, mas ele continuou a tentar conquistar a cantora até que ela, farto de sua insistência, quebrou uma garrafa de Southern Comfort.

Embora tenha sido atingido com força, caindo no chão atordoado, Morrison continuou a admirar Joplin com o mesmo entusiasmo:

“Que mulher forte! É incrível! “Ele teria dito, de acordo com o que foi publicado na biografia “ Break On Through: The Life and Death of Jim Morrison”, escrita por James Riordan.

 


É permitida a reprodução desde que de forma individual (não de todas as matérias), citado o autor, a fonte (Site Celebs.com.br) e créditos de fotos.


Oakley BR